quarta-feira, 24 de outubro de 2007

Recordar é Viver

Faz hoje quatro anos que faleceu a minha mãe, tinha quase noventa anos, faltava-lhe um mês e alguns dias para os completar (nesta foto deveria ter cerca de 75 anos).

Tinha uma felicidade de viver e uma juventude que é difícil encontrar noutras pessoas, mesmo muito mais novas.

As saudades são muitas, mas o seu exemplo e o seu carácter mantêm-na sempre bem viva em todos os que lidaram com ela, em particular os filhos, netos e bisnetos.

Por isso todos sentimos sempre a sua presença e a recordamos com prazer.

Estás sempre no meio de nós. Um beijinho mãe!
Enviar um comentário