quinta-feira, 5 de março de 2015

EU TENHO VERGONHA DO MEU PAÍS!

Eu tenho vergonha do meu país, quando vejo a falta de carácter e de verticalidade dos políticos do chamado arco do poder.

Eu tenho vergonha do meu país, quando vejo, e ouço, os milhares e milhares que sofrem em silêncio.

Eu tenho vergonha do meu país, quando vejo que ainda são os velhos que levantam a voz contra os ladrões.

Eu tenho vergonha do meu país, quando centenas de pessoas foram incentivadas a aplicar as poupanças da suas vidas em investimentos que os levaram à ruína.

Eu tenho vergonha do meu país, quando vejo que o próprio Presidente da República incentivou portugueses a investir no BES elogiando a sua gestão e idoneidade financeira.

Eu tenho vergonha do meu país, quando o BPN e os malfeitores que o governaram levaram o país à ruína e continuam a viver à tripa forra.

Eu tenho vergonha do meu país, quando vejo os políticos que deviam estar nas primeiras filas nas ruas, se entretêm com jogos políticos sobre o poder.

Eu tenho vergonha do meus país, quando vejo que cada vez há mais ricos à custa de mais pobres.

Eu tenho vergonha do meu país, quando vejo a falta de capacidade crítica dos Portugueses e a sua vontade de viverem da ilusão. Cada qual olhando para o seu umbigo em vez de olhar para o mundo sem se sentirem repugnados.

Eu tenho vergonha do meu país, quando vejo milhões que, no seu egoísmo, olham para o lado para não sentirem vergonha porque são cobardes.

EU TENHO VERGONHA DO MEU PAÍS!
Enviar um comentário