segunda-feira, 11 de junho de 2007

Ai Portugal, Portugal

Vemos, ouvimos e lemos, não podemos ignorar.

Para quando o murro na mesa? De que é que estamos à espera? Onde estão os Portugueses?

Não à resignação!

Intervenhamos! Revoltemo-nos! Sejamos cidadãos!

--------------------------------

Primeiro levaram os comunistas,
mas eu não me importei
porque não era nada comigo.
Em seguida levaram alguns operários,
mas a mim não me afectou
porque eu não sou operário.
Depois prenderam os sindicalistas,
mas eu não me incomodei
porque nunca fui sindicalista.
Logo a seguir chegou a vez
de alguns padres,
mas como nunca fui religioso,
também não liguei.
Agora levaram-me a mim
e quando percebi,
já era tarde.

Bertold Brecht
Enviar um comentário