quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Mágoa

Por todas as ondas do mar
Vou celebrar
À procura de um sonho azul
Que vai voltar

Por todas as luzes do céu
Vou celebrar
Sonhos de mil histórias de amor
Sem acordar

A mágoa que passou
Não canto mais, não choro mais
É o vento que mudou
E agarro a força que restou

Por todas as juras perdidas
Vou celebrar
Às desilusões já esquecidas
Quero brindar


A mágoa que passou
Não canto mais, não choro mais
É o vento que mudou
E agarro a força que restou

Vem, p'ra longe daqui
Um outro lugar de azul e mar
Vem, não percas a luz que tem
o teu olhar

A mágoa que passou
Não canto mais, não choro mais
É o vento que mudou
E agarro a força que restou


RITUAL TEJO, letra e música de José Manuel Afonso
Enviar um comentário