sábado, 11 de julho de 2009

Sou Professor, Não Voto à Direita

Direita Não

Sou Professor, por isso tenho memória. Não acredito em promessas circunstanciais, porque sei como funciona o jogo político, agora toda a direita defende o contrário do que tentou fazer antes, porque é de bom tom explorar o sentimento de revolta do povo contra um Governo dito do PS, um Governo carnavalesco que veste uma roupagem de esquerda, mas em que de facto a sua política, e não só no que diz respeito à educação, está na maior parte das vezes bem mais à direita do que a dos partidos que se assumem como tal.

Não esqueço que foi Manuela Ferreira Leite que deu início à transformação que nos levou a este absurdo ECD. Não esqueço que Manuela Ferreira Leite, após a grandiosa manifestação de 8 de Março de 2008, veio a terreiro defender a política educativa de Maria de Lurdes Rodrigues. Não esqueço muita outra coisa porque, como cidadão, não me preocupo simplesmente com a política educativa.

Eu não esqueço, por isso, como professor e cidadão, irei votar à esquerda.

Sócrates nunca mais!

Depois de ver o vídeo que se segue até percebi porque é que o outro colocou os cornos na própria cabeça. É sempre agradável ver um boi manso no meio de tanta tourada, sempre dá para rir.

Enviar um comentário