quinta-feira, 1 de maio de 2008

1º de Maio


Ainda alguém sabe porque se comemora o 1º de Maio?

Ainda alguém sabe o que é o 1º de Maio?

Hoje o 1º de Maio comemora-se a horas certas... Faz parte de uma nomenclatura, de uma liturgia.

Estou farto deste mundo mesquinho, individualista e egoísta, que perdeu os valores, que deixou de saber o que é a solidariedade, que deixou de amar, a não ser a si próprio.

Bolas, estou farto, mesmo muito farto. Eu não sou deste mundo, sou um E.T. Já não acredito em nada desta porra.

Levantem-se e caminhem.

--------------------------------

NOTA DE ESCLARECIMENTO: Depois de ter lido os dois primeiros comentários a este post, quero esclarecer que não desisti, basta ver como termina o artigo acima e, se dúvidas houvesse ler um post anterior intitulado "BASTA!" (20/4/2008). Apenas discordo das festas, das comemorações a horas certas, das liturgias. O tempo é de luta, não de festa. A luta é de todos os dias, não tem data marcada. Comecemos a luta pelo amor, se amarmos mais saberemos construir um mundo melhor e mais justo. É necessário e urgente aprender de novo a ser solidário e, sobretudo, a amar. Em conclusão, o que eu fiz neste 1º de Maio foi amar, amar todos, mesmo aqueles que não merecem o meu amor.
Enviar um comentário