terça-feira, 4 de dezembro de 2007

Poemeto de Pé Quebrado

Tropeças numa palavra,
A seguir num olhar.
Perguntas o que é amar.
A resposta fica no ar.

Amar é ser autêntico.
Viver aquele momento,
Sem esperar pagamento.
Sem viver o tormento.

Não esperes encontrar
O teu parceiro ideal.
Pode estar neste lugar,
Ou ser simplesmente irreal.
Enviar um comentário