quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

Uma questão de fôlego

Pelas estradas vou caminhando.
Numas nos buracos caindo,
Noutras obstáculos saltando.
Mas quando chega a exaustão
Caminho com o fôlego do coração.
Enviar um comentário