segunda-feira, 14 de maio de 2007

Lévame Lonxe

Tardou tanto o dia caer
Aquela tarde de Outono.
Facer o equipaje e decir adeus
As vezes faz entristecer.
Levame lonxe à outra beira
Que o dia ja vai caer tardo em xegar.

Emilio Cao (cantautor Galego)

Nota: provavelmente este pequeno poema não está escrito em galego correcto, porque o copiei ouvindo a música. Se alguém tiver conhecimento das letras das músicas de Emilio Cao agradeço que me informem, pois já procurei na net e não encontrei nenhuma.

A música galega no novo estatuto da autonomia:

Enviar um comentário